sexta-feira, 28 de novembro de 2008

GreenBuild Conference & Expo - Boston 2008

Caros amigos,

Acabo de chegar de Boston, onde participei da GreenBuild Conference & Expo 2008 evento anual promovido pelo USGBC e que se tornou este ano provavelmente o maior evento de Construção Sustentável do mundo.

Em parceria da Câmara de Arquitetos com o GBC-Brasil, organizamos a Missão Técnica Green Buildings em Nova York e Boston, que reuniu profissionais de várias empresas brasileiras que têm se dedicado a diferentes setores da construção sustentável no país. Em uma próxima postagem aqui no blog, tratarei especificamente da nossa missão.

Agora relato um pouco sobre o evento, que apresenta alguns números bem eloquentes, como costumam ser as coisas nos EUA.

O Boston Convention Center ficou totalmente tomado por 4 dias, onde se realizaram a feira e a conferencia, com mais de 2.000 empresas expositoras (dentre as quais uma brasileira, a SustentaX), os 240 workshops programados em dezenas de salas e mais de 30.000 participantes de diversas partes do mundo.

A operação do serviço de almoço para 15.000 pessoas simultaneamente exigia uma logística semelhante a uma operação de guerra (o que eles fazem como nenhum outro país do mundo).
O serviço online de informações e programação das agendas individuais dos participantes, em meio a tantas opções e tamanha variedade de assuntos, funcionou bem. Todos sabiam onde ir e quando ir. Filas aceitáveis. O serviço de shuttle para os hotéis também funcionou bem. Internet wireless em toda parte. Em resumo, organização praticamente perfeita. Soube que em edições anteriores as coisas não tinham funcionado tão bem. Mas em Boston, tudo parecia estar acontecendo como planejado.

É certo que muitas palestras tinham temas recorrentes e por vezes redundantes, mas os workshops técnicos, especialmente aqueles que tratavam de certicação ambiental (leia-se: LEED) foram, segundo alguns de nossos companheiros de viagem que assistiram a alguns deles, muito elucidativos.

Segundo eles, que atuam na área pelo CTE, foi gratificante perceber que nos projetos brasileiros nos quais se está buscando a certificação LEED, nós não estamos em nada defasados em relação aos melhores casos dos EUA, tanto em processos e métodos quanto na qualidade do produto da construção.

Constatou-se ainda que, tanto lá quanto aqui, as universidades permanecem deslocadas da realidade de mercado, propondo muitas vezes soluções viáveis tecnicamente mas não comercialmente.

Os desafios são proporcionais ao tamanho do mercado e a crise financeira que se iniciou no mercado imobiliário nos EUA provavelmente trará consequências adversas, mas acredito que podemos crer, a partir desta vista à GreenBuild Conference & Expo de Boston, que o caminho em direção à sustentabilidade é mesmo sem volta.

A indústria da construção, que é também cada vez mais global, já percebeu sua cota de responsabilidade e, afinal, como disse o arquebispo Desmond Tutu em sua palestra na abertura do evento: "God is green".

3 comentários:

Glauco disse...

Grande Antonio...
Esta viagem eu perdi, queria ter ido. Quero me afinar com essa realidade verde na arquitetura.

Abraço para você e para a Raquel.

Arq. Antonio Macêdo Filho disse...

Caro Glauco,

Como vai?
Faremos outras viagens com foco na Arquitetura Sustentável em 2009, inclusive para Nova York mais uma vez, em junho. Fique atento.
Mas se a qualquer momento antes disto precisar de algum suporte na área basta entrar em contato.

Abraços,

Antonio Macêdo.

Paola disse...

Antonio,

Faltou mencionar o trabalho que a SustentaX desenvolveu para colocar o primeiro estande de uma empresa brasileira no evento.

Atenciosamente
Paola Figueiredo
www.selosustentax.com.br