terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Floripa Eko House é certificada pelo Referencial GBC Brasil Casa no nível Ouro, com consultoria da EcoBuilding

A Floripa Eko House é uma residência sustentável construída em um condomínio em Florianópolis/SC, certificada, neste mês de Janeiro de 2018, pelo Referencial GBC Brasil Casa no nível Ouro, com consultoria de sustentabilidade da EcoBuilding Consultoria.

Trata-se da 1a residência sustentável certificada na região Sul do Brasil e a 2a do país certificada na versão 1 do Referencial Casa (há 4 casos de projetos-piloto residenciais já concluídos). Entre todos os casos, a Floripa EkoHouse é 4o do país a receber a certificação no nível Ouro.

A certificação foi conquistada após um processo que se iniciou ainda nas primeiras fases do projeto, envolveu cuidadoso acompanhamento da execução das obras e foi concluído com a casa já habitada por suas proprietárias.

Para alcançar o nível de certificação Ouro no Referencial GBC Brasil Casa, com a obtenção de 65 pontos em total nas 8 categorias do processo, foram implementadas diversas estratégias e soluções que promovem melhores desempenhos ambientais e performances operacionais, além de maior qualidade dos espaços construídos.

Com 240 m2 de área construída, a residência foi projetada, desde a sua Arquitetura, para privilegiar o conforto dos usuários com eficiência no uso de recursos. Diversas soluções entre as suas instalações prediais e equipamentos proporcionam reduções de consumos de energia e água, além maior controle das operações, tais como:

a) Isolamento térmico de coberturas e paredes externas;
b) Parede vegetada,
c) Sistemas solares fotovoltaicos para a geração de energia elétrica (suficiente para mais de 25% da demanda de energia da casa);
d) Sistemas solares térmicos para aquecimento de água servida (100%);
e) Coleta e tratamento da água de chuva;
f) Sistema de tratamento de águas residuais (biológico, com tanque de evapotranspiração);
g) Metais e louças sanitárias de baixo consumo de água;
h) Iluminação eficiente;
i) Paisagismo eficiente, para reduzir a rega;
j) Uso de equipamentos eletrodomésticos etiquetados Procel nível A;
k) Despensa da necessidade do uso de ar condicionado (foi deixada previsão);

A Floripa EkoHouse também é eficiente no que se refere ao uso de materiais e aos resíduos gerados. Várias estratégias colaboram para tal:

l) Estrutura em Steel Frame e vedações em gesso acartonado;
m) Materiais de acabamento de baixo impacto ambiental (com documentação comprobatória);
n) Escolha e implantação de materiais livres de agentes nocivos;
o) Criterioso controle da geração e destinação adequada do resíduo gerado da obra (mais de 96%);
p) Uso de madeira legalizada;

O empreendimento também pontuou no processo nos seguintes outros aspectos:

q) Localização bem servida de transportes públicos e outros serviços comunitários;
r) Implantação de baixo impacto e alta permeabilidade;
s) Prezou pela legalidade em todos os contratos de prestadores de serviços e fornecedores;
t) Foi desenvolvido manual do proprietário para orientar a boa operação e manutenção da casa, ao longo da sua vida útil;

Quanto custou tudo isto?

O custo adicional para se construir a casa, segundo Fernanda Dutra, proprietária, ficou na ordem dos 10%, embora nestas considerações não se tenha tomado o cuidado de aferir destacadamente quais aspectos foram considerados especificamente em função do processo de certificação.

Ou seja, considerados todos os benefícios, imediatos e principalmente de largo prazo, podemos afirmar, com segurança, que a adoção do processo de certificação Referencial GBC Brasil Casa é de fato viável e muito eficaz para garantir a construção de casas comprovadamente sustentáveis, com benefícios importantes para todo o processo, desde o projeto, passando pela obra e se prologando por toda a vida útil do empreendimento.

Ganham os proprietários, que terão uma casa mais eficiente, saudável e sustentável e com elevado valor agregado, ganha o entorno imediato, o meio ambiente como um todo, ganha a cidade, ganha o planeta.

Ficamos muito satisfeitos em termos podido colaborar com mais este caso de empreendimento sustentável e podermos demonstrar a sustentabilidade é algo possível, mesmo para residências e todos os envolvidos devem promover iniciativas como estas.

Parabéns às proprietárias, projetistas, construtores, fornecedores, equipe GBC Brasil e equipe de consultores da EcoBuilding, a saber: Arq. Marina Risse, Arq. Jéssica Gaspar, Eng. Eduardo Cunha e Arq. Larissa Murakami.

Se você trabalha com projetos ou obras de residências, em qualquer parte do Brasil, consulte-nos. Não perca a oportunidade de fazer deste próximo projeto uma casa de fato sustentável. Conte conosco para avaliar a viabilidade técnica (e econômica) da adoção da certificação como um guia para a implementação de estratégias de sustentabilidade que farão toda a diferença no projeto e na obra da casa e na qualidade de vida dos seus usuários.

Em tempo: Em agosto de 2017, durante a Green Building Brasil, realizada em São Paulo, apresentamos palestra sobre o caso da Floripa EkoHouse. Assista a um vídeo resumo da palestra aqui no Blog do Macedo (ver abaixo).

Até a próxima!

Antonio Macêdo Filho, LEED AP BD+C
Diretor EcoBuilding Consultoria

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Ecobuilding Forum lanza el primer curso online preparatorio para el examen LEED Green Associate en español.

En este mes de febrero 2018 lanzamos, por EcoBuilding Fórum, el curso online "Cómo Convertirse en un LEED Green Associate", el primer curso preparatorio para el examen de creditación LEED GA en Español, completamente online.


Esta iniciativa pionera es el resultado de una alianza entre EcoBuilding Consultoria, de Brasil, y Setri Sustentabilidad, de Colombia, y pretende ofrecer, principalmente al mercado latinoamericano, oportunidades de desarrollo profesional especializado en el área de la Construcción Sostenible, de manera práctica y eficaz, por medio de cursos on line impartidos por profesionales de alta capacitación y amplia experiencia.
El mercado de la construcción sostenible ha crecido en todo el mundo, sigue demandando profesionales especializdos y hay aun enorme potencial en América Latina. Los edifícios sustentables son distinguidos por certificaciones ambientales, como la estadunidense LEED, que és la más utilizada actualmente en todo el mundo. Convertirse en un profesional acreditado LEED Green Associate es un importante paso para la carrera profesional en el área de la Construcción Sostenible y una forma eficaz de contribuir a la maduración y consolidación de este mercado. Los cursos EcoBuilding Fórum se realizan completamente por internet, con videoconferencias que se pueden asistir desde cualquier lugar, en cualquier momento, cuantas veces los participantes deseen, con acceso libre durante la duración de cada curso, normalmente 6 meses. También se ofrecen ricos materiales de estudios y lecturas complementarias y servicio de tutoría para dudar. Las inscripciones para la primera turma están abiertas desde el 1 de febrero de 2018. Más información en: www.ecobuildingforum.com. Si te interesa el tema de los Green Buildings, por favor registrase en el sítio, comparte la novedad y contribuya al desarrollo de la Construcción Sostenible. Gracias y hasta pronto. EcoBuilding Fórum - Educación para la Sostenibilidad www.ecobuildingforum.com

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Turmas 2018 dos cursos Online EcoBuilding Fórum

Dando sequência ao Programa de Educação Continuada em Sustentabilidade do EcoBuilding Fórum, iniciamos 2018 com novas turmas de cursos online atualizados.

As inscrições para as turmas de Janeiro ficam abertas até dia 31/01. São elas:

Como se Tornar um LEED Green Associate
Aplicação do AQUA-HQE Habitacional

Operação, Manutenção e Certificação LEED EB-OM para Empreendimentos Existentes

Em 01/02/18, abrem-se as inscrições para as turmas de Fevereiro:

Construção Sustentável: Como Projetar e Construir Green Buildings

Gerenciamento de Projetos Sustentáveis, com Ferramentas do PMBOK (PMI)



Em todos os casos, as aulas são disponibilizadas em módulos semanais, que podem ser assistidas quantas vezes quiserem, de onde quiserem, durante todo o período de curso, 6 meses. Há também amplo material complementar de leitura, fórum de discussões e serviço de tutoria tira-dúvidas.

Uma nova, produtiva e eficaz maneira de se atualizar e aperfeiçoar na área da Construção Sustentável. Mais informações e inscrições pelo link da imagem:



Fundação Vanzolini e Cerway apresentam: Missão Técnico-Empresarial AQUA-HQE Paris 2018

Caros colegas,

Em maio 2018, ocorrerá um evento que recomendo a todos os profissionais dedicados à Construção Sustentável: a I Missão Técnico-Empresarial AQUA-HQE Paris

Uma ótima oportunidade de atualização e desenvolvimento profissional na área, em alto nível, e com condições de fato muito interessantes.


Tour Fist (La Défense - KPF)
Promovida pela Fundação Vanzolini, com apoio da Cerway, da França, esta missão exclusiva prevê um roteiro especial para empresários e profissionais da área da construção, arquitetos, engenheiros e construtores e interessados em conhecer, se atualizar e se aperfeiçoar nos conceitos, técnicas, tecnologias e inovações que têm sido aplicadas em construções sustentáveis, segundo as premissas da certificação francesa HQE™ (Haute Qualité Environnementale), na qual se baseia a certificação brasileira AQUA (Alta Qualidade Ambiental) para empreendimentos sustentáveis.

A agenda da missão inclui visitas técnicas guiadas a empreendimentos sustentáveis* de alto desempenho certificados HQE na capital francesa e região, de diferentes tipologias e padrões, sempre com acompanhamento e orientação adequados, e visitas a empresas construtoras e escritórios de projetos de Arquitetura e Engenharia de projeção internacional, seriamente envolvidos com questões ambientais na Construção, inclusive ao CSTB – Centre Scientifique et Technique du Bâtiment, centro de pesquisas responsável pela criação da certificação HQE.

Conservatoire Claude Debussy
Treinamento Référent HQE

Como parte da agenda da missão, numa inciativa resultado da cooperação com a Fundação Vanzolini, o CSTB oferecerá, com significativo subsídio,  exclusivamente para os membros da missão, um curso preparatório para a formação profissional "Referente HQE", válida em todo o mundo, com certificação emitida pela entidade francesa, e que irá possibilitar àqueles que concluírem o programa completo, agregar à sua titulação profissional tal credenciamento internacional. Trata-se de fato de uma oportunidade única.

Coeur D'Orly 
Certificação HQE: Com metas ousadas e inovadoras, o HQE (que se refere a Alta Qualidade Ambiental, na sigla em francês) define parâmetros para a construção e gestão de edifícios sustentáveis desde 1992, na França. Trata-se, portanto, de uma das certificações ambientais de empreendimentos sustentáveis pioneiras no mundo. O HQE ™ agrega valor e estimula qualidade da construção e dos ambientes construídos por meio da promoção de melhores práticas e da qualidade dos processos de planejamento, projeto e construção, bem como também de operação dos empreendimentos, ao longo de toda a sua vida útil.

Musée du Quai Branly
Processo AQUA: A certificação AQUA (que também se refere a Alta Qualidade Ambiental), foi desenvolvida no Brasil e lançada em 2008, a partir de uma iniciativa e esforço de coordenação da Fundação Vanzolini, para adequação do referencial francês à realidade brasileira, e propõe um novo olhar para sustentabilidade nas construções no país, fundamentando a base para o surgimento do mercado brasileiro de construções sustentáveis, validadas por entidade nacional, de credibilidade internacional.

Arq de Seine
Nesta I Missão Técnico-Empresarial AQUA-HQE Paris, conheceremos de perto e em profundidade o que está se fazendo de melhor em termos de construção sustentável na França, e teremos oportunidade também de abordar aspectos históricos e urbanísticos para entender por que Paris é um exemplo para o mundo de renovação e progresso social.




SaídaSábado, 19 de Maio de 2018 (de São Paulo)
5 dias de atividades (visitas técnicas / curso / reuniões)
Retorno: Sábado, 26 de Maio de 2018  (São Paulo).

As vagas são limitadas e há possibilidade de saída de outras cidades, sob consulta.
* Agenda de visitas a ser confirmada. Imagens meramente ilustrativas.

Venha participar conosco de mais este programa exclusivo desenvolvido com o cuidado e a qualidade que só a ArqTours oferece.

Lembre-se: a melhor viagem é aquela que você ainda não fez!

Mais informações e reservas:



Arq.
Raquel Palhares
raquel@arqtours.com.br
www.arqtours.com.br
+55 11 99285-4554 (Whatsapp)

O prédio de escritórios mais sustentável construído até o momento, foi inaugurado recentemente em Londres.

Da Redação da SustentArqui, publicado originalmente em: https://sustentarqui.com.br/noticias/predio-de-escritorios-mais-sustentavel-construido/

O prédio de escritórios mais sustentável concebido e construído até o momento inaugurou recentemente em Londres, projetado pelos arquitetos Foster + Partners para o gigante financeiro e de mídia Bloomberg.



Na verdade, são dois edifícios, um par de blocos triangulares conectados por pontes que se estendem sobre uma avenida para pedestres. Essa passagem segue a rota de uma antiga estrada romana que historicamente passava pelo local. 


A sede de nove andares deve economizar
73 por cento no consumo de água e 35 por cento no consumo de energia em comparação com prédios de escritórios típicos. 

 Enquanto o prédio é um complemento impressionante para a paisagem urbana de Londres, é o pensamento sustentável que corre por toda a instalação, que o torna ainda mais impressionante. 

Tanto o arquiteto, Norman Foster quanto o cliente, Michael Bloomberg, concordaram no início da gestação do projeto, que a nova sede incorporaria os mais altos padrões de construção sustentável. 

O BRE deu ao edifício uma classificação “excepcional”, marcando 98,5% em relação aos seus critérios; a maior pontuação BREEAM do estágio de design já alcançada por um grande edifício de escritórios. De acordo com o BREEAM – método para avaliar e certificar o impacto ambiental do ambiente construído – este é o prédio de escritórios mais sustentável já construído.

ESTRATÉGIAS DE SUSTENTABILIDADE DO EDIFÍCIO DA BLOOMBERG: 

Estratégias de ventilação
As lâminas de bronze da fachada do edifício servem dois propósitos. Em primeiro lugar, para fazer sombra nas vidraças e, em segundo lugar, como parte integrante do sistema de ventilação natural. As lâminas podem ser abertas e fechadas de acordo com o clima, puxando o ar através dos espaços do escritório para o átrio e para fora do telhado em forma de sistema de “pilha”. Os sensores inteligentes podem então ajustar o fluxo de ar. Esse sistema pode reduzir as emissões de CO2 em até 300 toneladas por ano. 

Estratégias de iluminação 
A iluminação é fornecida por cerca de 500.000 LEDs que usam cerca de 40% menos energia do que a iluminação tradicional. Esses LEDs estão contidos em painéis de teto integrados que também combinam aquecimento, resfriamento e acústica ,em um elegante e inovador painel de folha de pétala. 

Acima: Os 500.000 LEDs do edifício estão dispostos em um inovador design de folhas de pétalas 

Estratégias de energia
O edifício Bloomberg possui sua própria planta de geração de energia no local, gerando eletricidade a partir de gás natural. Como a empresa está gerando energia, eles “possuem” o calor residual criado. Esse lixo está configurado para ser usado para aquecer o edifício durante o inverno, enquanto no verão ele irá dirigir um resfriador de absorção para circular água gelada ao redor da instalação. 

Estratégias de Água
Espera-se ver uma redução de 73% no consumo de água em comparação com um prédio de escritórios típico. A água da chuva colhida do telhado, a água da torre de resfriamento, da descarga e a água de fontes de água cinzas, como as pias e os chuveiros, serão tratadas e recicladas para servir aos banheiros com descarga a vácuo. Estes banheiros, semelhantes aos encontrados em aviões, usam cerca de um quarto da água de um banheiro comum. Em geral, os sistemas de conservação de água economizarão 25 milhões de litros de água por ano, o suficiente para preencher dez piscinas de tamanho olímpico. 

Ocupação sustentável
Desde 2010 a empresa Bloomberg em Londres tem todo o seu lixo reciclado, compostado ou convertido em energia. Este compromisso continuará no novo local, com melhor transmissão de resíduos para permitir que uma maior proporção de tipos de resíduos seja reutilizada e reciclada. O projeto de interior do novo edifício encoraja o trabalho ativo, com estações de trabalho de sit-to-stand, com altura regulável que permite trabalhar tanto em pé quanto sentado, para todos os funcionários e uma rampa central que abrange seis andares, o que incentiva as pessoas a se movimentarem a pé pelo edifício. Um centro de bem-estar que incorpora serviços de saúde no local também estarão disponíveis para todos os funcionários. 

Esses recursos, juntamente com muitos outros, levaram à criação do prédio de escritórios mais sustentável do mundo até à data, e os designers esperam que muitos dos sistemas inovadores empregados neste projeto se tornem uma prática padrão em outros escritórios no futuro. 

Imagens cortesia de Foster + Partners, Bloomberg, Aaron Hargreaves e Rudwall. 
Fonte: The B1M e BREEAM

Edifício em Singapura recria microclima de uma floresta tropical

Publicado originalmente em ARCOweb, em 15 de Janeiro de 2018

Reproduzo aqui matéria a respeito de um interessante empreendimento, recém concluído em Singapura. 
Em 2015, durante missão técnica ArqTours / EcoBuilding, passando em frente à obra, uma imagem no tapume me chamou a atenção. Sabia que seria algo especial. Lá a legislação obriga a implantação de ampla área vegetada e compensação da área ocupada. O resultado me pareceu muito bom. Um exemplo de sustentabilidade, com certificações ambientais no mais alto nível.

PROJETO DO ESCRITÓRIO ALEMÃO INGENHOVEN ARCHITECTS, EM PARCERIA COM O LONDRINO GUSTAFSON PORTER + BOWMAN LANDSCAPE ARCHITECS, CONTA COM MAIS DE 700 ÁRVORES E 350 TIPOS DIFERENTES DE ESPÉCIES ARBÓREAS


(Imagem: Render/Igenhoven Architects)

Localizado na região central de Singapura, o edifício Marina One, que tem sua inauguração prevista para este mês, é o maior projeto do escritório alemão Ingenhoven Architects até o momento. Desenvolvida em conjunto com o estúdio de paisagismo londrino Gustafson Porter + Bowman, a edificação já foi certificada com o Green Mark Platinum e Leed Platinum.

O edifício buscou contribuir de forma inovadora para a manifestação das mega-cidades, especialmente nas regiões tropicais, que, no contexto do aumento da população e das mudanças climáticas, enfrentam enormes desafios.

Apelidado de “Coração Verde”, o local recria uma floresta tropical na área central compartilhada por quatro prédios. Devido à interação entre a geometria dos volumes e os jardins, inspirada nos campos de arroz asiáticos, a ventilação natural é facilitada, gerando um microclima agradável. Além da geometria das paredes circundantes, foram implantados sistemas de ventilação que poupam energia em todo o conjunto.
São duas torres residenciais com capacidade para abrigar 3 mil moradores e duas de escritórios com área  total de 175 mil metros quadrados. A conexão entre elas é feita através de caminhos no nível mais baixo do jardim central e de uma rota mais direta que atravessa uma lagoa refletora no centro do espaço. Cada edifício conta ainda com pequenos oásis verdes, que podem ser encontrados ao longo dos andares.

Com o objetivo de enaltecer a flora tropical, o projeto possui mais de 700 árvores, sendo 350 tipos diferentes de espécies arbóreas e de plantas em uma área verde de 37 mil metros quadrados. Para completar a atmosfera local, o projeto de paisagismo conta com fachada em tons terrosos, passarelas em madeira e pavimentação de pedra.

domingo, 29 de outubro de 2017

O futuro da Construção Sustentável, segundo Rick Fedrizzi, Fundador do USGBC e CEO do IWBI - Entrevista com Antonio Macedo, da EcoBuilding

Durante a edição deste ano de 2017 da Green Building Brasil, realizada em Agosto em São Paulo, da qual a EcoBuilding participou como expositor e palestrante, eu tive também oportunidade de gravar uma entrevista (exclusiva) com Rick Fedrizzi, fundador e CEO do USGBC - U.S. Green Building Council desde a sua fundação até 2016, um dos responsáveis pela criação do LEED, e que é agora Chairman e CEO do IWBI - International Well Building Institute, entidade responsável pela certificação WELL, voltada para a promoção da qualidade de vida e bem-estar nos ambientes construídos.

Na entrevista, dentre outros assuntos, Rick Fedrizzi comenta sobre o futuro dos Green Buildings e sobre o que ele chama de "Segunda Onda" da Sustentabilidade. 

Ele sabe do que está falando. Vale a pena acompanhar.

Para acessar o vídeo da entrevista (gratuitamente), acesse o link na página do EcoBuilding Fórum

Entrevista Rick Fedrizzi


Cadastrando-se no site, você será informado também sobre outras novidades na área da Construção Sustentável. Aproveitem. Até breve.

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Legend Ecoville, em Curitiba, é certificado AQUA-HQE Habitacional com consultoria em sustentabilidade EcoBuilding

O Legend Ecoville é um empreendimento residencial de alto padrão lançado pela A.Yoshii, tradicional incorporadora e construtora paranaense, em Curitiba.

O empreendimento foi certificado nas fases de Pré-Projeto e Projeto pelo processo de certificação ambiental AQUA-HQE Habitacional, promovido pela Fundação Vanzolini, com consultoria da EcoBuilding.

O edifício terá uma única torre de apartamentos, um por andar, e fica localizado no bairro de Ecoville, região nobre de Curitiba. A região inclusive favorece o processo de certificação do empreendimento por dispor de muitos serviços próximos, transportes públicos de qualidade e amplas áreas verdes.

Uma legislação local define a obrigatoriedade da manutenção da vegetação nativa existente em 70% das áreas dos terrenos. Com isto, ficam garantidas elevadas taxas de permeabilidade e qualidade ambiental do ar, baixo impacto ambiental das obras, redução do nível de ruído urbano, além da qualidade do aproveitamento da luz natural e das vistas.

O projeto do empreendimento prevê várias soluções e especificações de materiais, acabamentos e equipamentos que também favorecem elevados níveis de desempenho ambiental, eficiência operacional e conforto dos futuros usuários.

Nas auditorias das fases de Pré-projeto e Projeto (foto) as auditoras da Fundação Vanzolini destacaram o nível de comprometimento, tanto do incorporador quanto da equipe de projetistas e consultores (dentre os quais a EcoBuilding), na busca dos melhores resultados possíveis para o desempenho ambiental do empreendimento.

Vejam nos quadros que seguem resumo das características do projeto que favoreceram a certificação AQUA-HQE do empreendimento, nesta fase do processo:






Eu costumo comentar, em aulas e consultorias, que a adoção de uma certificação ambiental de empreendimentos não deve ser vista como um fim em si mesma, mas sim como resultado ou consequência natural de um processo de produção de empreendimentos bem feito.

Se a coisa toda é bem conduzida, com boa gestão, boas práticas de projeto e obras, cuidado e comprometimento no cumprimento de normativas técnicas e procedimentos de controle e gestão, então, seja qual for o sistema de certificação a ser adotado, ela será conquistada sem esforço adicional, como um prêmio por todo o processo bem realizado.

O Legend Ecoville é um exemplo claro disto. Parabéns à A.Yoshii e toda equipe de profissionais envolvidos. Estamos felizes em fazer parte deste time.

Para mais informações sobre os serviços de consultoria em construção sustentável da EcoBuilding, acesse: www.ecobuilding.com.br.

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Entrevista com Kimberly Lewis, Vice-Presidente do USGBC, sobre a GreenBuild Boston 2017

A GreenBuild Conference & Expo é o maior evento de Construção Sustentável do mundo.

É promovida pelo USGBC, órgão criador da certificação LEED, e ocorre nos EUA, a cada ano em uma cidade distinta. Em 2017, o evento será em Boston e a delegação brasileira está sendo promovida pelo Departamento de Comércio do Consulado dos Estados Unidos no Brasil, com organização da ArqTours e apoio do GBC Brasil.
Kimberly Lewis é Vice-presidente do USGBC e esteve recentemente em São Paulo participando da feira Greenbuilding Brasil, promovida pelo GBC Brasil, no início do mês de agosto 2017. Ela esteve no stand da EcoBuilding Consultoria na feira, onde tivemos oportunidade de gravar esta breve entrevista sobre a conferência de Boston.

Confira no vídeo que segue:

Para mais informações sobre o programa da Missão Técnica Greenbuild Boston 2017: www.arqtours.com.br.

O ex-Presidente Bill Clinton foi confirmado como palestrante na GreenBuild 2017

O ex-Presidente Bill Clinton foi confirmado como palestrante na plenária de encerramento da GreenBuild 2017, que ocorrerá em Boston, em novembro.

Após ter deixado a Casa Branca, o ex-Presidente criou a Clinton Foundation para continuar a trabalhar em causas com as quais se importa. Desde então, a Fundação Clinton tem promovido ações para ajudar a construir comunidades mais resilientes, através do desenvolvimento e implementação de programas para melhorar a saúde, fortalecer economias locais e a proteção ao meio ambiente (incluindo construções e cidades sustentáveis), em todo o mundo, inclusive no Brasil.

A delegação brasileira para o evento, maior do mundo na área de Green Building, é organizada com apoio do consultado americano no Brasil e do GBC Brasil. E você, profissional da área, também pode participar. 

Além da conferência, a agenda técnica da missão prevê ainda visitas a empreendimentos de referência, certificados LEED e WELL, em Boston e região.

Garanta a sua vaga. Mais informações e reservas:

ArqTours, by Raquel Palhares
Arq. Raquel Palhares: 

(11) 99285 4554



Veja também:

Entrevista com Kimberly Lewis, Vice-Presidente do USGBC, sobre a GreenBuild Boston 2017


quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Escritório Studio Sol, em Belo Horizonte, é certificado LEED CI com consultoria EcoBuilding

Reproduzo aqui artigo publicado originalmente pela ARCOweb em 11 de Setembro de 2017, a partir de matéria da Revista Projeto. Trata-se de um trabalho do qual fizemos parte, pela EcoBuilding, atuando na consultoria para o processo de certificação LEED Commercial Interiors, concluído em Agosto de 2017, tendo alcançado a certificação LEED ID+C Silver para o empreendimento.

Inspiração musical

Localizado na capital mineira, o novo escritório do Studio Sol se destaca pela tecnologia de ponta aplicada na arquitetura


O escritório Todos Arquitetura, formado pelos sócios Fabio Mota, Lais Delbianco e Mauricio Arruda, projetou a nova sede do Studio Sol - empresa brasileira de tecnologia que comanda sites de música - em parceria com o arquiteto Guto Requena.
O espaço de 500 metros quadrados situado em um edifício em Savassi, bairro nobre da região centro-sul de Belo Horizonte, foi pensado para ser a segunda casa dos 60 funcionários do Studio Sol. A estratégia foi aplicar tecnologia de ponta na arquitetura e desenvolver várias tipologias para ambientes de trabalho, o que acasionou a estética dinâmica da proposta. 



O conceito principal, segundo memorial do projeto, foi representar as ondas sonoras por meio de elementos do forro, formando ondulações que são o ponto focal do espaço central.

“Formado por caixas de madeira em diferentes tamanhos, o forro, além de possuir propriedades acústicas, conta também com iluminação automatizada que se transforma de acordo com o cenário desejado”, revela o texto.

A paginação do forro foi pensada de acordo com
a concentração de pessoas: nas áreas com maior aglomeração, as caixas são mais baixas e adensadas; já nas áreas de circulação elas são mais altas e pulverizadas. Adotou-se a mesma lógica para o piso, que é mais claro nos espaços mais cheios e vai escurecendo nos arredores.

O programa de necessidades está dividido em recepção, ilhas de trabalho para os colaboradores de cada site, salas para reuniões formais e informais, ambientes mais reservados e área para descompressão (copa, cozinha e sala de TV).

Apesar de existir esse espaço específico voltado ao lazer, o projeto arquitetônico buscou criar ambientes descontraídos e que incentivassem a integração por todo o escritório. Em torno da grande área aberta de trabalho, por exemplo, há sofás, vegetação e iluminação adequados ao objetivo.

A principal sala de reunião foi concebida como um aquário de vidro. Suas cortinas automatizadas ora revelam, ora escondem seu conteúdo: tecnologias de áudio e vídeo, mobiliário de apoio a reuniões e iluminação dimerizável.

Diferentemente do forro dos espaços mais abertos, as salas reservadas fazem referência mais direta à música ao receber instrumentos musicais atirantados ao teto, que permitem um visual lúdico.

A tecnologia fica ainda mais evidente no acesso aos banheiros, que conta com um corredor retroiluminado com linguagem de
programação de computadores. Dentro dos toaletes esse recurso utiliza a cor da luz, que se modifica de acordo com o consumo de água, para alertar para o seu uso consciente.

Por suas soluções energéticas, desde a iluminação até os eletrodomésticos e computadores, o projeto recebeu a certificação LEED - Selo Prata.

Ficha Técnica:Studio Sol
Local: Belo Horizonte, MG
Início do projeto: 2016
Conclusão da obra: 2017
Área de intervenção: 500 m²
Arquitetura:
Todos Arquitetura (autor); Studio Guto Requena (coautor)
Design de interiores: Todos Arquitetura
Paisagismo: Todos Arquitetura
Luminotécnica: Estúdio Carlos Fortes
Consultoria: acústica Paim
Hidráulica, elétrica e incêndio: Install Engenharia
Climatização: Climatizar
Automação: Sense
Segurança: Teleatlantic
Consultoria ambiental: Ecobuilding
Fotos: Gabriel Castro


Fornecedores:
Uni Construtora
Interface floor
Owa Revestimentos Acústicos
Vitrale
Concresteel
Nani Chinelato
Kvadrat
Vitra
Herman Miller
Flos
Foscarini
Lumini
Formica
Securit
Galeria LumeNicole Toldi
Jaqueline Terpins
Beatriz Maranhão
Ovo Design
Luis Guimarães
Jader Almeida
Tidelli
JRJ
Codex
Henrique Steyner
Santa Mônica Tapetes



Acrescento ainda créditos para os profissionais da EcoBuilding Consultoria que atuaram no projeto (à direita, fotos de minha autoria, de Setembro 2017):
Consultores de Sustentabilidade:
Arq. Marina Risse, LEED AP BD+C
Arq. Eliza Mauro, LEED AP ID+C

Arq. Larissa Murakami, LEED AP BD+C
Eng. Luis Junqueira, LEED GA


Consultoria de Eficiência Energética:
Arq. Pablo Hidalgo


(Na foto ao lado, estou com Samuel Vignoli, sócio proprietário do Studio Sol)

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Palestra Floripa EkoHouse: um caso Referencial GBC Casa - EcoBuilding Consultoria - Expo GBC 2017

A Floripa EkoHouse é uma casa sustentável, em Florianópolis, buscando certificação ambiental pelo Referencial GBC Brasil CASA, com consultoria de sustentabilidade da EcoBuilding Consultoria.

Na edição de 2017 da Expo Green Building Brasil, conferência realizada anualmente pelo Green Building Council Brasil, os arquitetos Antonio Macedo e Larissa Murakami, ambos LEED AP's, da EcoBuilding e Fernanda Dutra, proprietária da casa, fizeram uma apresentação do projeto e compartilharam experiências sobre o processo de certificação da Floripa EkoHouse.

Assista em vídeo resumo da palestra:


Imagens do projeto da Floripa EkoHouse:




Para saber mais sobre projetos sustentáveis da EcoBuilding acesse: www.ecobuilding.com.br.

segunda-feira, 17 de julho de 2017

terça-feira, 11 de julho de 2017

Missão Técnica CTBUH Austrália 2017

Missão Técnica Austrália 2017
Promovida pela representação do Brasil do CTBUH com organização ArqTours
CTBUH International Conference
Sydney e Melbourne, 26 de Outubro a 04 de Novembro 2017

O CTBUH – Council on Tall Buildings and Urban Habitat realiza anualmente a CTBUH International Conference, que este ano ocorrerá entre os dias 30 de Outubro e 03 de Novembro de 2017, em Sydney e Melbourne, duas cidades australianas que são consideradas modelos de integração urbana e desenvolvimento sustentável.

O evento deste ano, cujo tema é "Conectando as Cidades", apresenta uma extensa agenda de apresentações e discussões técnicas com profissionais internacionalmente conhecidos, envolvidos com projetos de empreendimentos de referência em todo o mundo, sobre as questões que envolvem o desenvolvimento de projetos e empreendimentos que favoreçam a qualidade de vida e o desenvolvimento sustentável das cidades.

Trata-se de um evento internacional de alto nível, promovido há décadas por uma das mais respeitadas instituições do setor da construção no mundo. Mais informações em: www.ctbuh2017.com.

Na agenda da missão, além da participação na conferência CTBUH 2017, teremos também visitas e roteiros exclusivos para a delegação brasileira. Vamos conhecer as duas mais importantes cidades da Austrália com a visão e o cuidado que diferenciam os programas organizados pela ArqTours.

Investimento: (Tarifas em condições para grupo de pelo menos 15 pessoas, com cotação para Julho 2017):

Parte terrestre: Apto Duplo: US$ 1.780,00
Suplemento para Apto Individual: US$ 952,00
Parte aérea: US$ 1.785,00 + tx. embarque
Saída: 26 de Outubro 2017
Retorno: 04 de Novembro 2017
(Guarulhos - São Paulo)

Consulte formas de pagamento e opções de saídas de outras cidades. Para o programa completo e outros detalhamentos, clique aqui.

Mais Informações e Adesões: Arq. Raquel Palhares +55 11 9 9285 4554 raquel@arqtours.com.br As vagas são limitadas. Garanta logo a sua!

Sobre a ArqTours:
Especializada em Planejamento de Viagens Especiais, Profissionais, de Negócios e Missões Técnicas para Arquitetura e Construção Civil, nossa missão é proporcionar experiências únicas e exclusivas a cada nova Viagem. Oferecemos os melhores serviços em viagens de negócios e culturais, com roteiros especiais e customizados, sempre com acompanhamento e orientação adequadas, fazendo de sua viagem uma experiência única, associando negócios, lazer e cultura na medida certa.

Em nossas Missões Técnicas, Arquitetos, Designers, Engenheiros, Incorporadores e Construtores participam de feiras, congressos e outros eventos internacionais da área e ainda desfrutam de programações exclusivas de visitas técnicas durante a viagem, enriquecendo e agregando valor aos profissionais e customizando tempo e recursos. O Planejamento é criterioso e as programações técnicas são de alto nível e alinhadas com o foco específico de cada feira dentro do segmento. Nossas viagens profissionais podem ser customizadas também para grupos fechados. Em nossos Roteiros Especiais, transformamos a sua viagem numa experiência única, com um planejamento minucioso e detalhado e roteiros que fogem ao convencional e surpreendem pela sua originalidade e exclusividade.

Breve história do CTBUH

O Council on Tall Buildings and Urban Habitat (Conselho de Edifícios Altos e Habitat Urbano) foi fundado pelo Sr. Lynn S. Beedle em 1969 na Lehigh University em Bethlehem, Pennsylvania, Estados Unidos da América.
O objetivo era estudar e propor soluções para as cidades, cada vez mais populosas e complexas, com cada vez maior demanda por espaços construídos, serviços e modos de vida de qualidade.
Até 1976, o CTBUH era conhecido como o Comitê dos Edifícios Altos, um grupo professional originalmente formado pela IABSE - International Association of Bridge and Structural Engineers (Ass. Internacional de Engenheiros de Pontes e Estruturas) e a ASCE - American Society of Civil Engineers (Ass. Americana de Engenheiros). Com o resultado do incremento das atividades de planejamento e pesquisa ambiental, também passaram a se juntar entidades como AIA – American Institute of Architects, o American Planning Association e a UIA – União Internacional de Arquitetos, dentre muitas outras, de todo o mundo.
Em 2003, o CTBUH mudou a sua sede para o Illinois Institute of Technology (IIT) em Chicago, EUA. Os 13 anos seguintes viram um tremendo crescimento do Conselho, com a abertura do Escritório de Pesquisas Acadêmicas baseado na Universidade de Iuav, em Veneza, Itália, em 2014 e o do escritório asiático na Tongji University, em Xangai em 2015. Em 2016, lidando com a falta de espaço disponível na IIT, o conselho passou basear seu escritório no histórico edifício Monroe, no centro de Chicago, mantendo o centro de pesquisas acadêmicas no espaço que ocupava no campus da IIT. 
A conferência internacional do CTBUH é um evento anual, itinerante, e congrega milhares de profissionais de todo o mundo, de diversos setores públicos e privados, acadêmicos e empresariais, para discussões e apresentações sobre o desenvolvimento de projetos de relevância para os ambientes urbanos e a qualidade de vida nas cidades, em todo o mundo.